Alpine A110 R Turini

A110 R Turini

O MAIS RADICAL A110
a partir de 108 300 €
A110 R Turini A110 R Turini

Velocidade máxima

284 km/h

na pista

Aceleração

4,0 s

0 aos 100 km/h

Chassis, leveza, aerodinâmica: um veículo de corrida homologado para a estrada.
Alpine A110 R Turini

Novas sensações radicais

Já comprovou o seu valor ao mais alto nível

O Alpine mais radical continua a proporcionar sensações inéditas. O A110 R já se afirmou como um desportivo de alto desempenho ao terminar no pódio do célebre concurso do carro do ano organizado PELA REVISTA evo. Mais baixo, mais rápido e mais dinâmico do que todos os outros Alpine, está disponível numa cor Azul Racing Mate que o mergulha no universo da escuderia BWT Alpine F1® Team.

Ainda mais ligado às estradas de montanha nas quais foi criada a Alpine, o A110 R Turini deve o seu nome às célebres etapas de rali onde nasceu a lenda do A110.

Alpine A110 R Turini

O poder da fibra de carbono

O A110 R Turini assenta em jantes GT Race em preto mate que lhe oferecem mais polivalência nas suas estradas preferidas. Grelha frontal, capô, spoiler, tejadilho, luz traseira... O carbono, material utilizado na F1®, oferece o máximo de leveza e desempenho.

Alpine A110 R Turini - vista total
Alpine A110 R Turini - grelha frontal em carbono
Alpine A110 R Turini - banco em carbono
Alpine A110 R Turini - carbono
 Alpine A110 R Turini
 Alpine A110 R Turini

PRESENTEIE-SE COM UM DESIGN INÉDITO

Confira mais caráter ao seu Alpine A110 R Turini personalizando-o no nosso atelier Alpine. Películas de revestimento, faixas... Escolha um design único que combina consigo.

TORNE O SEU ALPINE ÚNICO

EXPERIÊNCIA F1®

Mais do que um automóvel desportivo, é um automóvel de corrida

Alpine A110 R - veículo desportivo homologado para a corrida

Uma obsessão dos nossos engenheiros: como numa pista de Fórmula 1 ®, permitir-lhe ir o mais rápido possível em linha reta, mantendo a velocidade de curva ideal. 

 

Trabalhámos exaustivamente com a nossa escuderia BWT Alpine F1® Team para lhe oferecer um automóvel de corrida homologado para a estrada.

Alpine A110 R - chassis

Chassis

As trajetórias nunca foram tão precisas. Un chassis exclusivo 10 mm mais baixo do que um A110 S na configuração para estrada, regulável em 10 mm adicionais na configuração para circuito, para um maior prazer em pista. A intensidade é reforçada pelos desempenhos dos pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 semi slicks. O A110 R Turini dá-lhe a descobrir um novo universo de sensações em estrada e em pista.

Alpine A110 R - aerodinâmica

Aerodinâmica

Todo o seu perfil aerodinâmico foi estudado com precisão pelos nossos engenheiros para permitir ao A110 R Turini ter o máximo de aderência à estrada. O difusor, o spoiler traseiro com fixação pescoço de cisne, embaladeiras laterais... Resultado: até 29 kg de apoio adicional na traseira em comparação com um A110 S Aero Kit e uma força reduzida em 5 % para atingir os 284 km/h na pista.

Um desempenho verdadeiramente desportivo que chega dos 0 aos 100 km/h em quatro segundos.
Alpine A110 R Turini
Alpine A110 R - desempenhos
DESEMPENHOS
Velocidade máxima
284 km/h
Na pista
Mais leve e mais aerodinâmico, o A110 R Turini é o mais rápido da gama
0 aos 100 km/h
4,0 seg
O Launch Control impulsiona o A110 R Turini aos 100 km/h em apenas 4,0 segundos
Partida chegada
22 seg
1000 m
O A110 R Turini integra o universo dos desportivos com 22 segundos aos 1000 m partida-chegada

COCKPIT

Abra a porta a novas sensações

Alpine A110 R Turini - grande interior
Alpine A110 - Coupé desportivo

Para ir mais longe

A110 R Turini: consumo de combustível combinado (l/100 km) WLTP* : 6,9l/100 km ; Emissões combinadas de CO2 (g/km) WLTP* : 156; Etiqueta de CO2 : D.

 

*WLTP: Procedimentos de ensaio de veículos ligeiros harmonizados a nível mundial: Desde 1 de setembro de 2018, os veículos ligeiros novos na Europa são homologados com base no procedimento de ensaio harmonizado para veículos ligeiros (WLTP), um procedimento de ensaio que mede o consumo de combustível e as emissões de CO2 de forma mais realista do que o procedimento NEDC anteriormente utilizado.